A competência informacional no ensino superior tecnológico.

A competência informacional no ensino superior tecnológico.

Título: A competência informacional no ensino superior tecnológico:   um estudo sobre os discentes e docentes do curso de análise e desenvolvimento de sistemas da União Educacional de Brasília (UNEB) /   Ronald Emerson Scherolt da Costa

Resumo: A Sociedade da Informação é caracterizada pelo uso massivo de tecnologia e pelo aumento vertiginoso da quantidade de informação disponível. Os cursos superiores na área de Tecnologia da Informação (TI) necessitam preparar seus egressos para o uso e domínio das tecnologias e da informação, para que assim possam exercer de maneira adequada suas futuras tarefas profissionais, sociais, culturais e científicas, como cidadão competente em informação e integrado a esta nova Sociedade. A pesquisa de mestrado utilizou como parâmetros os objetivos e resultados esperados para o desenvolvimento de Competência Informacional sintetizados por Dudziak (2003) tomando por base os Padrões de Competência Informacional para o Ensino Superior propostos pela Association os College and Research Libraries (ACRL). Por meio de uma abordagem quali-quantitativa objetivou-se analisar se os discentes e docentes do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (TADS) da União Educacional de Brasília (UNEB) têm conhecimento dos fundamentos e práticas para a aquisição de competência informacional na sua formação; identificar o nível de competência informacional dos discentes e docentes; conhecer os procedimentos utilizados pelos discentes e docentes na busca e uso da informação; identificar ações no Projeto Pedagógico de Curso (PPC), em iniciativas das Coordenações de Curso, dos Professores e da Biblioteca relacionadas ao desenvolvimento da competência informacional dos discentes; e relacionar o nível de competência informacional com o coeficiente de desempenho dos alunos e o nível de formação dos professores. Os instrumentos de coleta de dados foram um questionário com 50 questões abertas e fechadas, aplicado a uma amostra intencional, em junho de 2011, além de uma entrevista, aplicada a alguns membros da direção, coordenação e biblioteca da IES. De forma geral, verificou-se que os alunos e professores dos Cursos de TI da UNEB, participantes da pesquisa, indicaram que possuem a maioria das habilidades relacionadas à competência informacional, sendo possível afirmar que os discentes e docentes possuem compreensão sobre os preceitos das normas da ACRL (2000). O estudo da temática demonstrou a importância de se assegurar a Competência informacional em qualquer formação, entendida como uma competência transversal necessária a todo o cidadão da Sociedade da Informação.

Orientação: Emir José Suaiden
Dissertação (mestrado) – Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, 2011

Referência:

COSTA, Ronald Emerson Scherolt da. A competência informacional no ensino superior tecnológico: um estudo sobre os discentes e docentes do curso de análise e desenvolvimento de sistemas da União Educacional de Brasília (UNEB). 2011. xv, 196 f. : Dissertação (mestrado) – Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, 2011.

Dissertação de Mestrado – Competências Informacionais – Ronald Costa – UNB – FINAL – V 8.0


Apresentacao Mestrado UNB 2011 – Ronald – V 2.7 – FINAL

Deixe uma resposta